terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Mais que fraldas e mamadeira...

A proposta de um berçário na sua estrutura física e o trabalho de ensino com os bebês que será desenvolvido neste espaço, só acontece efetivamente com pessoas dispostas a aprender, a serem treinadas, a buscarem sempre informação e preparo para este desafiante trabalho.
Um berçário segundo o coração de Deus, vai além das fraldas e mamadeiras, ou do passatempo não planejado que é oferecido aos pequenos nas igrejas.
Você pode estar pensando... porque um berçário segundo o coração de Deus? Posso te citar como exemplo, dentre tantos, apenas um para funfamentar esta afirmação.

Em Lucas 2:52 diz que " Jesus crescia em sabedoria, estatura e em graça diante de Deus e dos homens". Por isso é da vontade de Deus que assim como foi com seu filho Jesus, seja assim hoje com cada filho seu através de Jesus, que seus cordeiros cresçam harmoniosamente corpo -alma e espírito, por isso o ministério com o berçário e maternal precisa ser servido por pessoas comprometidas com Jesus em amor pelos pequenos, para oferecer-lhes o melhor e não "passar o tempo" na igreja.

Há muito o que fazer pelos bebês e com os bebês no berçário e no lares, por isso é preciso equipe treinada e preparada para também orientar os pais. É maravilhoso ministrar aos bebês, eu não achava isso há 12 anos atrás, devido a minha ignorância, minha falta de visão, mas glória a Jesus que me ensinou, me despertou, voltou os meus olhos para os pequenos, e hoje, a primeira infância é a minha grande paixão. Quando sabemos como e o que fazer com os pequeninos tudo se torna diferente.

A maioria das pessoas nas igrejas não querem trabalhar com vidas de 0 a 5 anos, pois não tem a mínima idéia de por onde começar, o que fazer, como ensinar?? eles aprendem?? me entendem?? e por aí vai... muitas dúvidas que podem ser sanadas com estudo, preparo, treinamento.

Por isso louvado seja a Deus por sua vida, você que está fazendo o curso pela internet, ou pessoalmente comigo no Rio de Janeiro. Pois Deus quer usar poderosamente a sua vida, um grande desafio está em suas mãos, prepara esta geração, o grande exército do Rei Jesus, aleluia!!

Deus conta conosco!
Claudia

12 comentários:

Anônimo disse...

Como estou feliz com esta oportunidade de aprender e com isto estar segura em responder que com certeza podemos fazer a diferença nas nossas igrejas e nos lares das nosas crianças. Creio no mover de Deus nos nossos corações, incendiando-o de amor por esse ministério e de coragem para mudar.

Ana Paula Fraga disse...

A maioria das igrejas não desenvolve um trabalho adequado com a crianças como um todo, especialmente com os bebês. Isso se dá pela falta de informação e conhecimento e pela preguiça e negligência de tantos obreiros que não buscam se aperfeiçoar no ministério. Hoje há tantos recursos e meios que promovem tão capacitação, que não há desculpas que justifiquem tamanho despreparo.
Sabemos como é difícil despertar a igreja e a liderança para as reais necessidades das crianças. Isso se torna ainda mais complicado quando a própria equipe não tem a visão correta.
Que o Senhor te dê estratégias para adestrar as mãos dos valentes dele espalhados por esta nação.

Anônimo disse...

Querida irmã:
Que bom a visão do PAI pra ti,(nunca é tarde),
se falhamos em contínua ignorância
DEUS em seu constante AMOR vem e
tudo supre né mesmo?!!
Nem a Turminha do Berçario vai
ficar de fora, e Melhor até os
que vão chegar, (no ventre de mamãe).
Seu Reino é Imenso e cabe todos quantos
se achegam a ele.
Louvado seja a Deus por sua vida, ser sensível,
carinhosa e sobre tudo, ouvido e visão pra perceber o que o PAI quer de nós.
Ele o Abençoe rica e Graciosamente,(aos seus também!).
O blog está lindo.
Um Grande abraço de sua aluna.

Lenine disse...

Depois de muito vasculhar a Internet. Este foi um dos primeiros textos que li neste blog. E foi através dele que Deus tocou meu coração. Estou super feliz por estar investindo na obra de Deus.
Creio que Deus usará a minha vida para realizar mudanças. E com essas mudanças, atingir muitos pequeninos.
Que Deus continue a usar as nossas vidas conforme a sua vontade.

Li disse...

Amém!Louvo a Deus pela sua vinda,por estar me trazendo este grande desejo de trabalhar no berçario,creio em nome de Jesus que Deus irá me capacitar e me dar todas as ferramentas para começar a plantar uma boa obra!
Deus te abençoe
Eliane

Nilene disse...

obrigada pela sua vida em nos trazer orientaçoes significantes e riquissimas para a obra do senhor, creio em nome de Jesus que nosso berçario ficara segundo o coração de DEus! amém!!!Nilene

cris disse...

oi claudia, que bom que Deus, através do seu ministério, me abriu os olhos , a mente e o coração para ver a importancia que é semear na vida dos bebes. eu glorifico à Deus e o meu desejo é transformar um berçario sem propositos em um berçario segundo o coração de Deus, sonhar os sonhos de Deus para os bebes e ser usada grandemente e poderosamente por Ele. cris.

Ministério da saúde disse...

Olá blogueiro,

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado pela colaboração!

Ministério da Saúde

Nazakids disse...

Tudo pode ser diferente na história de vida de uma criança se começamos a ministra-la desde o ventre. Realmente a visão de berçário hoje nas igrejas é que este é apenas um lugar de distração para os bebês, já que no culto normalmente choram e acabam "atrapalhando". Há até aquelas pessoas que olham para as mães esperando que elas se retirem do templo imediatamente com o "bebê chorão". Isso já aconteceu várias vezes comigo. E cada vez que isso acontecia me entristecia porque na igreja também não tinha um ministério com bebês e entÃO NÃO tinha como eu e meu bebê ficarmos. Sou esposa de pastor e "guerreio" por esse lindo ministério que também acredito que começa desde bem cedo.

Tia Lu disse...

Querida irmã Claudia, gostaria de saber como fazer pela internet o curso: NO BERÇARIO TAMBÉM SE APRENDE.
Preciso implantar urgente na minha igreja.

aguardo

Lucilene

Katia disse...

Cláudia, já li quase todos os artigos de seu blog. Gostei muito de todos eles. O artigo "Mais que fraldas e mamadeiras" me chamou muita atenção porque me mostrou a possiblidade de desenvolver o trabalho e que é preciso visão e treinamento. Que Deus continue te usando de maneira poderosa!
Kátia
Betim/MG

Francineide Reis disse...

Cláudia, entendo que as igrejas precisam visualizar que o berçário é um local de desenvolvimento infantil, desta forma quando isso acontecer estaremos fazendo o que a Bìblia nos ordena: "Ensina a criança no caminho em que deve andar...", pois é desde a tenra idade que as características sociais e escolhas são ensinadas e as características individuais do indivíduo são constituídas e se entendermos que as crianças são a igreja do amanhã, formaremos desde a fase inicial, futuros servos e adoradores fieis ao Senhor.
Francineide Reis

Massagem para bebês