quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

BERÇÁRIO NÃO!

 Espaço de desenvolvimento sim!


 Cheguei a conclusão de que o nome BERÇÁRIO deve ser abolido em nossas igrejas...  Ao ouvir a palavra berçário, nos vem a mente berços, bebês dormindo, silêncio absoluto, inatividade, etc...



 Quando temos a visão de Deus para um trabalho com os bebês, com os pais, com as gestantes, queremos um espaço vivo, alegre, onde as coisas aconteçam onde as crianças sejam abençoadas e se desenvolvam física, emocional e espiritualmente, e não um lugar onde o bebê dorme o tempo todo para não atrapalhar o culto dos adultos.

 Espaço de desenvolvimento infantil, este nome sim define exatamente o que eu quero com os bebês. Um espaço onde o desenvolvimento da criança realmente acontece, promovido por pessoas que amam a Jesus e desejam realmente ser um instrumento de benção para uma nova geração, que começa com os bebês, com os pequeninos.

Uma boa parte dos "berçários" nas igrejas, não passam de depósitos de bebês, alguns bem decorados, outros não, alguns com equipe de "cuidadoras" outros, não, há uma variedade de perfis.

Mas o que é comum na grande maioria, é a falta de visão, a começar pelo espaço, um cubículo, com berços e uns restolhos de brinquedos... O que é ensinado a estes bebês? Quais as atividades que são realizadas neste período tão precioso em que elas estão na igreja?

O que tem sido ensinado aos pais?? Infelizmente nada... ninguém pode dar o que não tem não é mesmo? Não se sabe nem mesmo o básico, que bebês aprendem e estão ávidos por aprendizado, não é mesmo? Por isso o ciclo da ignorância continua perpetuando os espaços chamados de berçários. que na verdade, são depósitos de crianças.

Mudança? Creio que pode haver mudança somente através de corações que amam verdadeiramente a Jesus e estão dispostos a ouvir a sua voz. Pessoas que tem um coração quebrantado para retirar o velho e deixar Deus derramas o novo.

Este é o tempo! Qum tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito Santo está dizendo a sua igreja.

Estude, leia, faça cursos, aprenda, cresça,é preciso preparo para realizar um trabalho de verdade com os bebês, com o maternal, com a 1a infância, a fase de ouro do ser humano, que na igreja é tão desprezada, tão pouquíssimo investida.

Busque conhecimento e preparo, ouça a voz de Deus, e permita que Jesus use a sua vida para ser um agente de mudança, para acabar com os depósitos de bebês na igreja e transformar em lindos espaços de desenvolvimento infantil.

Deus nos abençoe!!!!
Claudia Guimarães

E crescia Jesus em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus 
                                       e dos homens. Lucas 2:52

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Que aula deliciosa!!!! O bebês amaram e as mamães também!


  Visite nosso blog do Espaço de desenvolvimento infantil CRESCENDO, meu sonho é que em todas as igrejas desapareçam os BERÇÁRIOS, para dar lugar a ESPAÇOS DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL. Berçário só serve para bebês dormirem, e pais ficarem alienados, não é este o nosso objetivo, 
não é mesmo?

 Imagine ao invés dos bebês ficarem dormindo no berço e as mães batendo papo... Fossem realizados atividades com os bebês das mais diversas, entre elas um relaxante banho no balde-ofurô, ou uma massagem deliciosa, que delícia hein!!...
      Nossos bebês sairiam muito mais abençoados, do que ficar esquecido no berço "para não fazer barulho" e não incomodar os pais no culto...

  VISITE O : ESPACOCRESCENDO.BLOGSPOT.COM


No Espaço Crescendo aconteceu a nossa primeira aula de "Massagem nos bebês" e "Ofurô para bebês" (conhecido como banho de balde). 
Foi uma benção!!!
Confira algumas fotos:


Momento da mamada coletiva


Momento único entre mãe e filho
Ensinando os movimentos da massagem

Cada mamãe com seu bebê!!! Eu com minha boneca, kakaka...

Massageando os pezinhos

Massageando as costinhas




A Vitória amou o banho de balde...

Relaxou tanto... quase dormiu no balder rsrsrsr...




Temos ou não o que fazer nos Espaços de desenvolvimento infantil em nossas igrejas??
Basta ter a visão de Deus e vontade de servir!


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Relato da minha aluna...







"Realmente não tinha noção de como era estar envolvida neste trabalho. Nunca dei aula na minha vida. Nem sabia por onde começar. Mas graças a Deus que me deu capacitação para desenvolver este trabalho, consegui concluir esta tarefa e iniciar uma outra: cumprir a vontade de Deus nas aulinhas do berçário.
Algumas noites fui dormir às 2 da manhã, confeccionando os recursos visuais das aulas, mas valeu a pena. Estamos seguindo o Currículo da Cristã Evangélica. O material é muito bom. Disponibiliza recursos visuais muito bons, principalmente para nós leigos.
Esta primeira aulinha dada foi uma experiência diferente de todas as outras que tivemos antes.
Primeiro que confeccionamos os materiais usados na aula. E ver que o que produzimos com as nossas próprias mãos pode gerar tanto desenvolvimento nos bebês é muito gratificante.
A reação deles é uma coisa indescritível. Todos os bebês participaram muito bem das aulas, as professoras de primeira viagem assim como eu que estavam ajudando na aula estavam engajadas.Essa aula serviu para sentirmos como realmente funcionarão as aulinhas. Aos poucos faremos algumas adaptações, melhorias, etc." Relato de Lenine, líder e professora do berçário de sua igreja, ex aluna do curso a distância EAD.
"Fiquei super feliz com este relatório da Lenine, ela está colocando em prática o que aprendeu no curso EAD, adotou um currículo para o berçário ( um dos indicados no curso), e está se saindo muito bem, esta é a grande diferença, quando nos preparamos para ministrar aos bebês, é outra conversa, e não há enrolação e nem embromação num tempo tão precioso que temos com os bebês na igreja.
Parabéns Lenine!! Deus te abençoe nesta linda caminhada, muitos frutos virão, glória a Deus!!"
sua irmã e ex professora Claudia Guimarães

Shantalla no berçário

Fotos do berçário da Igreja Batista do Marapé em Santos/SP.
A Lenine (de óculos à direita), foi minha aluna pela internet, fez o curso "No berçário também se aprende" , à distância (EAD), onde concluiu "com muito louvor" recebendo o certificado.
Segue algumas fotos da aula que ela realizou no berçário da sua igreja, fez massagem (shantalla) nas crianças. Parabéns! Lenine, você aceitou o desafio da aula proposta, continue a fazer shantalla com os bebezinhos que estão chegando, ( há várias gestantes na sua igreja), é pura benção!!!



sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ainda não leu??

video

A Importância do Brincar para a Criança


A Importância do Brincar para a Criança

Brincar é trabalho! Que coisa é essa?Talvez poucos pais saibam o quão importante é o brincar para o desenvolvimento físico e psíquico do seu filho. A idéia difundida popularmente limita o ato de brincar a um simples passatempo, sem funções mais importantes que entreter a criança em atividades divertidas, tais como assistir a uma televisão, pintar ou colorir figuras pré-desenhadas entre outras.Inúmeras vezes os próprios pais inibem as brincadeiras dos seus filhos, exigindo organização e acreditando que os estão ajudando, acelerando a aquisição de comportamentos desejáveis: manter tudo organizado e limpo. Estão na verdade, queimando uma etapa muito importante do desenvolvimento infantil. Pelo brincar a criança está experimentando o mundo, os movimentos e as reações, tendo assim elementos para desenvolver atividades mais elaboradas no futuro. Através do simbólico jogo da brincadeira, a criança irá entender o mundo ao redor, testar habilidades físicas (correr, pular), funções sociais (ser o construtor, o dentista, a secretária), aprender as regras, colher os resultados positivos ou negativos dos seus feitos (ganhar, perder, cair), registrando o que deve ou não repetir nas próximas oportunidades (ter mais calma, não ser teimoso). A aprendizagem da linguagem e a habilidade motora de uma criança também são desenvolvidas durante o brincar.
Hoje é comprovado que bebês que recebem estimulação de brinquedos, que permitam sua participação ativa através do seu manuseio, não apenas como observador, desenvolvem mais a inteligência e demonstram maior interesse pelo aprendizado. A brincadeira permite um extravasar dos sentimentos, auxilia na reflexão sobre a situação, criando várias alternativas de conduta para o desfecho mais satisfatório ao seu desejo. O ato de brincar com outras crianças favorece o entendimento de certos princípios da vida, como o de colaboração, divisão, liderança, obediência às regras e competição.
A realização da ludoterapia (terapia através do brincar), tem mostrado excelentes resultados em crianças com diversos tipos de dificuldades e/ou problemas. A ludoterapia permite que a criança expresse seus medos, conflitos e ansiedades, possibilitando (com auxílio do terapeuta) a elaboração destes sentimentos. Portanto, as crianças tendo a oportunidade de brincar, estarão mais preparadas emocionalmente para controlar suas atitudes e emoções dentro do contexto social, obtendo assim melhores resultados gerais no desenrolar da sua vida.

Dra Regiane Glashan - temperamento de bebês - Personalidade -

video

domingo, 17 de janeiro de 2010

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

No berçário também se aprende!

Ensino à distância (EAD)
Você pode fazer este curso pela internet

Ministro este curso há 12 anos, tem sido uma benção na minha vida e na vida de cada mãe e ministra que quer crescer, receber a visão de Deus e crê que o berçário na igreja não é um depósito sofisticado de crianças. Este curso tem dado muitos frutos nestes anos e um deles é o meu livro " Mulheres geradoras de vida" Ed. Vida . Há um ano ministro este curso pela internet, tenho alunas em vários estados e cidades do Brasil e no exterior.
Se você não pode fazer o curso no Rio de Janeiro, faça pela internet... todas as informações sobre o curso "No berçário também se aprende!" você pode ler aqui no blog e no meu site www.claudiaguimaraes.com
Ao fazer o curso pela internet você recebe pelo correio o meu livro, não deixe de ler!!!!
Claudia Guimarães

Massagem para bebês